sábado, 10 de maio de 2014

Início da saga!

Oi!

Depois de alguns aninhos (MUITOS ANOS) de namoro, enfim começamos a falar de casamento com mais seriedade!rs
Por isso, decidi criar esse espaço para que possamos trocar figurinhas e compartilhar informações sobre esse momento muito importante na vida de qualquer noivinha sonhadora, o esperado: CASAMENTO!!!
Nesse momento, surge a dúvida: Por onde começar? Bem, são muitos detalhes para serem pensados e decididos ainda mais para mim que terei um casamento com orçamento bem reduzido. Por isso, antes de mais nada optei pela procura do local da festa.
Nos próximos posts enviarei alguns orçamentos que já recebi e locais que visitei.

Abaixo separei 9 dicas que NÃO devemos fazer na preparação de um casamento

1. Organizar sozinha o casamento


 São muitos detalhes  para  organizar, preparar e coordenar o dia mais importante da sua vida, com o estilo que você merece, o ideal e que tenha o apoio de alguém . Seja um familiar, madrinha ou a mesmo o noivo que as vezes pode entrar no clima junto da noiva. Ah! Para aquelas com um orçamento maior, a contratação de uma assessora para organização do evento é mara!

2. Chamar um amigo para prestar algum serviço em vez de contratar um profissional.


Ás vezes nós temos um amigo que fotografa legal, uma amiga que faz bolos gostosos, um tio que tem um automóvel bonito. Sem perceber vocês impõem a essas pessoas uma responsabilidade e um stress que ela não estão acostumadas e isso pode perturbá-los acarretando um desempenho frustrante e quem perde são os noivos. Os resultados podem ser fotos desfocadas, ou pior, inexistentes, bolos com aparência esquisita (e amigas exaustas), atrasos e confusões com horários e locais devido à inexperiência do motorista, entre outras complicações que poderiam ser evitadas, por isso tome muito cuidado se algum amigo ou parente estiver prestando algum serviço em seu casamento.

3. Contratar serviços e profissionais sem um planejamento prévio adequado ao seu orçamento.



Um planejamento prévio de quanto se pretende, ou melhor, se pode gastar com o casamento, é muito importante para que vocês possam iniciar uma etapa nova na vida com tranqüilidade e sem dívidas. 

4. Escolher o local para a cerimônia ou para a recepção sem levar em conta o número de convidados.



Os locais para realização do seu casamento não podem ser nem grandes e nem pequenos demais de acordo com o numero de seus convidados.

5. Deixar de fazer confirmação de presença.



A confirmação de presença é imprescindível. Com aproximadamente vinte dias do casamento vocês devem dividir a lista de convidados em duas partes: 1ª “temos certeza que vêm” 2ª “achamos que vêm”. Dessa forma, a conferência e confirmação pode ser feita e evitaremos gastos desnecessários.

6. Deixar de fazer lista de presentes.



A lista de presentes ao contrário do que se pode pensar é um conforto para os convidados. Eles ficam sempre na incerteza: O que será que eles estão precisando? Aonde será que encontro um presente bonito e que agrade os noivos? Quando a lista existe fica tudo mais tranqüilo para o convidado e para os noivos, facilitando inclusive as futuras trocas.

7. Convidar um número de pessoas para a cerimônia religiosa e selecionar por algum motivo convidados para a recepção.



Esta é uma situação extremamente desagradável para a pessoa que não foi convidada para comparecer a recepção. Por mais que se tenha discrição, essa informação que haverá uma recepção restrita, sempre de alguma maneira acaba sendo abordada por alguém e aquele que não sabia por que não foi convidado vai se sentir desprestigiado e com certeza decepcionado com os noivos.

8. Chamar para o cortejo damas e pajens muito novos.



As crianças com menos de cinco anos são sempre uma surpresa: podem entrar lindas, mas também podem não entrar ou voltar na metade, ou chorar assustada com o barulho e com as pessoas. Se ainda assim vocês fazem questão de crianças bem pequenas, pelo menos não dêem a responsabilidade das alianças para elas.

9. Decidir casar com um tempo de preparação muito curto.



Um tempo bom para preparação do casamento é em torno de 10 a 12 meses. Esse tempo lhe proporcionará além de uma organização e planejamento econômico dos seus gastos, uma melhor seleção de profissionais, como também de locais para cerimônia e recepção. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário